Relação interesseira

Por Ricardo Pereira

22---Mão-com-TulipasAstolfo desejoso de saber se a namorada Armelinda tinha interesse de com ele se reconciliar, consultou o Sibila da Antevisão.

A relação deles caminha por uns três meses. Foi paixão à primeira vista, dele por ela. Mas, já entraram em crise, pois ele além de apaixonado, é muito jovem, desejando ainda se divertir, mas também conhecê-la melhor. Ela, por outro lado deseja se casar e como ele “deu para trás”, não lhe dizendo nem que sim  e nem que não, ela resolveu arriscar um rompimento.

Astolfo é filho único, e um rico fazendeiro de Goiás. Herdara há pouco toda a fortuna do pai. Armelinda é de classe média, estudante de estilismo e moda e mora ainda com os seus pais.

A tiragem fora concebida a partir do método “X do amor”, publicado no meu livro Sibila da Antevisão: Divino Oráculo. Para conhecer o que estão falando sobre o Sibila da Antevisão, leia a resenha de Jamile Pinheiro no site Sibilinas.

Na consulta , estabeleci que a coluna A seria de Astolfo, o consultante e a coluna B, de Armelinda, conforme ilustração abaixo:

Interesse

Na Casa 1 da coluna A, que analisa o desejo do consultante diante à relação, deu o ar da graça a carta Mão com Tulipas (9 de Copas), reafirmando o desejo dele por uma reconciliação. Ele quer sim, reatar com Armelinda.

Na casa 2 da coluna B, que fala do desejo da namorada dele diante à relação, surgiu a carta Bolo de Noiva (9 de Paus), enfatizando o desejo dela de casar-se com ele, o mais rápido possível.

Na Casa 3 da coluna A, que analisa o sentimento do consultante por Armelinda, apareceu a carta Amor-perfeito (2 de Copas), confirmando o sentimento de paixão ou amor dele por ela.

Na casa 4 da coluna B, que analisa o sentimento de Armelinda pelo  consultante, surgiu a carta Carteira Cheia (7 de Ouros), destacando que ela está a fim mesmo, nesse momento da evolução do relacionamento, é do dinheiro do fazendeiro goiano, Astolfo. Ele ficou meio “chateado”, mas tive que dizer isso pra ele, que ela estava sendo interesseira. Ele disse que daqui para frente vai observar melhor se isso condiz com o comportamento atual dela em relação a ele, mas que também teme que a paixão o cegue.

Na casa 5, “X do amor”, que avalia o futuro da relação em um prazo a ser estabelecido, nesse caso, um mês, emergiu a carta Mulher no Portão (10 de Copas), destacando que daqui a um mês, se ele não pedi-la em casamento, eles não se reconciliam. Aguardemos então o desenrolar da história até lá.

NOTA:  essa técnica de tiragem e muitas outras são  apresentadas em detalhes em termos de regras e de aplicação no livro Sibila da Antevisão: Divino Oráculo, que pode ser  adquirido junto com o baralho oracular com esse mesmo título,  aqui: Sibila da Antevisão

BIBLIOGRAFIA CONSULTADA

PEREIRA, Ricardo. Sibila da antevisão: divino oráculo. Fortaleza: Expressão Gráfica, 2015.